Cirurgia de osteotomia da tíbia

A Osteotomia do Joelho, especificamente do osso da tíbia (osteotomia da tíbia), se trata de um procedimento cirúrgico que pode ser recomendado caso o paciente apresente artrose de um, e apenas um, dos compartimentos do joelho. O termo “osteotomia” se refere ao corte do osso para uma correção do eixo do membro inferior, no caso do joelho, para alteração da área de pressão dentro do joelho.

Indicações de osteotomia da tíbia

Além da artrose unicompartimental medial, pode ser feita para outras patologias, como pós re-lesão do ligamento cruzado anterior (LCA) em joelhos varos, como procedimento de “prevenção” para novas lesões, etc. Para que fique mais claro e elucidativo, repare nas figuras abaixo. Observe que o joelho apresenta dois compartimentos, um ao lado de fora da perna e outro ao lado de dentro. O procedimento envolve a remoção ou adição de uma cunha de osso para sua tíbia superior ou inferior fêmur, para ajudar a mudar o peso do corpo para fora da parte danificada de seu joelho.

osteotomia da tíbia

A Osteotomia da Tíbia é mais comumente realizada em pessoas que podem ser consideradas muito jovens para uma substituição total do joelho. A substituição total do joelho por prótese de joelho tem a desvantagem de se desgastar muito mais rapidamente em pessoas com menos de 55 anos do que em pessoas com mais de 70 anos. Muitas pessoas que se submetem à Osteotomia de Joelho eventualmente precisarão de uma substituição total do joelho, ou Prótese do Joelho, geralmente cerca de 10 a 15 anos após a Osteotomia.

Como é feita a cirurgia de osteotomia da tíbia?

Trata-se de uma retirada ou colocação de cunha na região do osso da tíbia ou fêmur para correção do eixo da perna e, consequente, diminuição da pressão aumentada sobre o compartimento com artrite / artrose.

Necessita de uma avaliação precisa da alteração do eixo da perna para acompanhar a evolução do ângulo de alteração e, caso opte pela cirurgia, usará este ângulo para retirar ou adicionar a cunha óssea de correção do eixo da perna (membro inferior).

Quando se deve operar?

A cirurgia de osteotomia da tíbia só deve ser indicada quando existe a certeza de que realmente há uma artrose e que a alteração do eixo do membro inferior irá melhorar os sintomas.

Tratamento da gonartrose tricompartimental >

Referências

Fixação interna para osteotomia valgizante alta da tíbia
Osteotomia proximal da tíbia: estabilização da abertura medial com enxerto tricortical de ilíaco

Compartilhe essa informação!
Joelho-Brasília
Joelho-Brasília

Dr. Márcio R. B. Silveira, criou a Clínica Salus Ortopedia e Fisioterapia em Brasília-DF, para atuar principalmente no tratamento de lesões de cartilagem, buscando sua reparação e transplante; lesões de menisco com sutura em crianças e reparo; rupturas ligamentares articulares e sua reconstrução biológica e prevenção; tratamento da artrose, com medidas medicamentosas e artroplastias; tendinites e rompimento de tendões provocadas tanto por atividades esportivas, como por alterações degenerativas; fraturas em idosos que apresentam ossos mais frágeis; e enfoque na reabilitação muscular e postural, através de protocolo exclusivo baseado na análise cinemática da marcha.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *